Casamentos Porto Alegre - RS

Monique & Arthur

Encontrar respostas.


Fico imaginando como é a rotina da Psicóloga Monique e do Economista Arthur...

Encontrar respostas precisas, matemáticas, definitivas...


Talvez uma das maiores forças da natureza humana seja essa busca incansável de respostas. Respostas para tudo, todas as questões, das existenciais às triviais devem ser respondidas. É uma ânsia, um desejo constante e um sentimento de que sempre nos falta alguma coisa até que se encontrem respostas.



Essa inquietude, que aflige a maioria de nós, imagino, faz parte do trabalho, da vida desse casal. Cada um em sua área, mas com objetivos parecidos. Talvez por já estarem habituados a essa angústia, sejam tão parecidos e tão tranquilos.


A Monique foi uma das noivas mais tranquilas que já fotografamos, doce, calma, a voz sempre suave em um tom baixo e tranquilo. Não sei se ela é assim sempre, ou é fruto de muito treinamento e força mental, mas acredito que seja sim, esse doce de pessoa que nos tratou tão bem desde o início.


O Arthur é aquele tipo de cara que a gente quer por perto em crises. É a calma em pessoa. Um cara centrado, organizado, um companheiro carinhoso e preocupado, tanto que levou quindim pra noiva no salão antes de se arrumar.


Olhando os dois juntos, são aquele casal que dá inveja, inveja boa sabe? Eles são bonitos de se ver juntos. absolutamente conectados. Tão bonitos, tão em sintonia que viraram pauta de um programa de TV do SBT durante as fotos na Borges de Medeiros... :)


Mas eles não são a resposta um do outro.


Mas Cristiano, tu pirou?
Como assim eles não são a resposta um do outro?

Calma gente, eu explico.


Muita gente acredita que o que nos move são as respostas e eu digo que não, o que nos mantém vivos, o que mantém um casamento firme, sólido e interessante, a vida ativa, são as perguntas!


As perguntas nos levam a sempre buscar novas respostas e essas repostas, novas perguntas!


Olhando a Monique e o Arthur começando uma vida juntos, podendo testemunhar esse começo, eu não tenho dúvidas, eles são a pergunta um do outro. E a pergunta é simples:


Como eu vou te fazer feliz hoje, amanhã?


Essa é a pergunta chave e buscar essa resposta todos os dias é a maior aventura da vida.


Monique e Arthur, eu fico por aqui e agradeço em nome de todo time, da Kauane e o Wagner, todo carinho de vocês!


Que a vida reserve sempre novas perguntas, que seja um interminável questionário, que vocês encontrem todas as respostas juntos... e então, novas perguntas.


Beijo do gordo!